Autor processa Rede Globo por plágio em “Segundo Sol”

Nilson Ferreira acusa a Globo por plágio na trama de João Emanuel Carneiro

Deborah Secco, Emilio Dantas e Giovanna Antonelli em Segundo Sol

O autor Nilson Ferreira revelou ao Famosando nesta segunda-feira, 09, que entrou com um processo contra a Rede Globo por plágio da novela “Segundo Sol”. Nilson contou que enviou o roteiro da novela para várias emissoras e se surpreendeu quando a novela estreou “Há 6 anos atrás eu escrevi a novela Segundo Sol e mandei o roteiro para alguns conhecidos como Jaques Lagoa do SBT, pro departamento de dramaturgia da Record e pra Globo eu enviei através do irmão do Luciano Huck, Fernando Huck. Mandei pro departamento de dramaturgia deles também. Eu tenho esses emails inclusive”

Nilson Ferreira

Depois de uns 6, 7 meses foi dada a estreia na Tv Globo da novela Segundo Sol. E eu não assisti imediatamente. Fui ao Sated (Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões) conversei com o Norberto, a principio conversamos com uma advogada que não permaneceu e agora estamos com um advogado do Sated” contou o ator.

Nilson fez um levantamento de tudo o que foi plagiado e pede justiça “Fiz um levantamento de cenas estruturais do roteiro que eles plagiaram, inclusive o nome Segundo Sol, toda a abertura, a questão da queda da personagem central ser dada como morta, no meu roteiro também apresentei dessa forma. São várias as semelhanças…nós fizemos uma análise, digo nós…eu e a equipe de advogados, e semana passada nós entramos com um processo contra a Tv Globo”

João Emanuel Carneiro

Antes do processo, Nilson tentou acordo com a emissora mas não obteve retorno “Mandei muitas mensagens, comunicados inclusive pro departamento de teledramaturgia e não obtive retorno. Foi quando eu resolvi ir atrás de advogados. Nós notificamos a Tv Globo, e não estamos recebendo retorno. Por essa falta de retorno resolvemos entrar com o processo”

O autor ainda não consegue calcular o valor que deverá ser pedido na ação “Estamos em vias de ação, de processo. Ainda não dá para calcular o valor. São danos morais e patrimoniais”.

Nilson ficou muito mal quando percebeu que seu roteiro estava sendo utilizado sem sua autorização “Eu achava um absurdo. Eu não consegui assistir a novela, eu vi no youtube e fui coletando as cenas porque o advogado solicitou que eu fizesse essa análise pois vamos ter que defender os plágios das cenas. A arte no Brasil é tão deturpada, tão frágil porque o plágio acontece. A abertura inteira, se você ver a minha sinopse está até a música que eu sugeri da Cássia Eller”

Essa não é a primeira vez que Nilson tem uma obra plagiada “Você se sente um nada, teve um momento que eu não queria mais seguir com nada de processo e notificação. Eu fiquei muito mal, não foi a primeira vez, já teve um programa que eu escrevi e foi plagiado na Record. Eu não fui atrás, foi em 2007, sou um ator de teatro, autor de teatro, diretor de teatro e eu me envolvo com danças folclóricas, com rock, nossa vida é totalmente atribulada e quando acontece uma coisa dessas, principalmente quando você é muito emotivo, é melhor não se envolver porque senão vai te deixar totalmente depressivo. Então teve uma época que eu resolvi deixar pra lá. Muitas pessoas me alertaram pra eu não processar a emissora porque senão as portas poderiam se fechar pra mim e você sente aquele baque”

Essa não é a primeira vez que a Rede Globo tem um processo de plágio. No ano passado um grupo de 26 roteiristas acusaram a emissora de plagiar a novela “O Sétimo Guardião”. Os roteiristas foram alunos de uma oficina ministrada por Aguinaldo Silva, um dos co-autores da telenovela. Eles também entraram com uma ação de plágio contra Aguinaldo, acusando-o de ter usado ideias deles dadas durante as aulas.

Segundo Sol

Ambientada em Salvador, no ano de 1999, a trama apresenta a história de Beto Falcão (Emilio Dantas), um cantor de axé que fez muito sucesso nos blocos carnavalesco da capital baiana, mas há alguns anos experimenta o gosto do esquecimento. Sem dinheiro pela má administração de seu irmão Remy (Vladimir Brichta), o cantor vê a família prestes a perder a casa em que moram, e para ajudar a pagar parte das dívidas, ele aceita fazer um show em Aracaju, quando algo surpreendente acontece. O avião em que iria embarcar cai no mar e Beto é dado como morto. Pela inesperada comoção nacional, o cantor é convencido por Remy e pela namorada Karola (Deborah Secco) – com quem o relacionamento está bastante estremecido – a não se revelar e a passar um tempo na fictícia ilha de Boiporã, um paraíso com poucos habitantes, próximo a Salvador.

Na pequena ilha vive Luzia Batista (Giovanna Antonelli), uma bela marisqueira que cria os dois filhos pequenos Ícaro (Thales Miranda) e Manuela (Rafaela Brasil) com a ajuda de sua irmã Cacau (Fabiula Nascimento). Luzia acaba conhecendo Beto que se apresenta para a moça como Miguel. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente 

Fechar Menu